quinta-feira, Julho 24, 2014

Dúvida nutricional

Os hidrocarbonetos são hidratos de carbono?
.
.
.
Nota: A assinatura artística parece a denominação duma empresa. Mas não, são dois artistas que criam em conjunto. São eles David McDermott e Peter McGough.

Bebidas brancas

Deixei de beber bebidas brancas. Há vinte e oito anos que não toco em leite.
.
.
.
Nota: Não me lembro se já tinha postado esta minha criação palerma...

O decote

video
Pára de olhar para mim dessa forma, porque só penso nisso.
.
Não oiço o que dizes, tenho os olhos presos.
.
Intuí uma pergunta...
.
– Hum, hum...
.
Espero que não voltes a falar-me no assunto, pois não sei que.
.
Ai!
.
Pede que farei. Neste momento...
.
– Sim, sim...
.
Estão agarrados, os olhos...
.
– Ah! Não, não...
.
Que diz ela?
.
– Hã?! Claro que te estava a ouvir.
.
Vou pensar em História das Civilizações Pré-Clássicas... não! Nessa tive dez...
.
Vou pensar em Epigrafia!... A memória da matéria e das aulas às oito horas da manhã de sábado é infalível.
.
Ufa!

quarta-feira, Julho 23, 2014

Guiné Equatorial, wineshop, bookshop... estado de choque!... Estão a morder a cena? – Comunidade de Países de Língua Petrolesa

video

A Guiné Equatorial entrou hoje para a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.
.
O primeiro documento, que se conhece, em língua portuguesa é um registo de fiadores num negócio e data de 1175.
.
No entanto, oficialmente o documento que é usado como o primeiro marco palpável da língua data de 1214. Trata-se do testamento de Dom Afonso Henriques.
.

.
Diz um português: Na Guiné Equatorial não se fala português.
.

.
Diz um galego: Galego: En Guinea Ecuatorial non se fala portugués.
.
Oitocentos anos depois a língua portuguesa conheceu o seu momento Dadaísta.
.

.
A entrada da Guiné Equatorial para a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa mereceu comentário unânime dos reis ibéricos.
.
Afonso II de Portugal exclamou: Na Guiné Equatorial não se fala português.
.

.
Sancho VII de Navarra exclamou: Ekuatore Ginea ez du portugesez mintzatzen.
.

.
Jaime I de Aragão exclamou: Guinea Equatorial no parla portuguès.
.

.
Afonso VIII de Castela exclamou: Guinea Ecuatorial no habla portugués.
.

.
Afonso IX de Leão exclamou: Guinea Ecuatorial nun fala portugués.
.

.
O rei Muskar XV da Sildávia apresentou a candidatura do seu país como Estado de pleno direito da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.
.

.
O rei Laudislau III de Bretzelburgo apresentou a candidatura do seu país como Estado com estatuto de observador na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.
.

.
Estranham muito a entrada da Guiné Equatorial na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa? Então leiam lá o pedacinho de prosa que me chegou às mãos. Trata-se dum comunicado à imprensa duma loja chamada Melt e que fica em Lisboa. Cito:
.
– «A primeira loja Melt na Av. Visconde Valmor n.º 40A, em Lisboa, abriu portas este mês, num espaço pensado para o dia-a-dia dos seus clientes, que resulta da fusão de quatro diferentes áreas de negócio: cafetaria/bistro, mercearia, wineshop e bookshop».
.
Pois, foi demais para mim e não resisti... tive mesmo de lhes responder:
.
– Sei que a língua portuguesa é difícil, que o vocabulário é muito curto e que nem sequer é muito óbvio. Vi que utilizam o vocábulo wineshop. Ora, existe um termo em português, provavelmente não sabem, até porque é complicado: garrafeira. Não é de facto óbvio, porque o vinho nem é vendido normalmente em garrafas. A outra é ainda mais difícil e é bookshop. Ora, existe um termo em português, provavelmente não sabem, porque não se usa no dia-a-dia e porque a raiz da palavra não é nada óbvia. Pois, há e é «livraria», que nem se parece nada com a palavra livro.
.
E antes de ir... o português de Catarina Marcelino, deputada do Partido Socialista. Depois de tanto bruá, a senhora deputada veio dizer que sofria de dislexia. Ficamos a saber que existe um vocábulo que sintetiza a ideia de «deficiente aprendizagem da língua portuguesa, nomeadamente no primeiro ano do ensino básico».
.


.
Deixem lá em paz o senhor Teodoro Obiang (Nguema Mbasogo) e não façam ironia por ter usado tradução simultânea durante os trabalhos da cimeira Comunidade de Países de Língua Portuguesa.
.
Consta que canibaliza (literalmente) alguns oponentes... depois queixem-se, este é pior que o futebolista uruguaio Luis Suárez... NHACK!