digo e o oposto, constantemente volúvel, às vezes verdade. juro pela minha alma, mais do que vinho amo a água e só me desenseda e lava, a cara, o corpo e a vergonha de ser quem não quero. os sonhos antigos são sonhos e antigos e os novos de esperar, é esta a vida a mim agarrada, se esperança existe.

domingo, outubro 09, 2016

Casaca

video
Importará a forma a quem não deixou razão de pronúncia. Jogar-se desportivo ao rio não justifica um segundo parágrafo. Enfrentar, de casaca e cartola, o comboio terá melhor título. Se falharem notícias ou houver alguém que saiba, ficará por esclarecer o sensacional mistério de por que razão faltou a bengala de bastão ao abandonado.

Sem comentários: