terça-feira, dezembro 13, 2016

Um muro pela frente

.
Os quadrados vêem o mundo redondo, penso com erro de paralaxe. Os outros não voam e não sei andar.
.
Não compreendo a vida nem as vizinhanças nem a mim nem sentido nos dias.
.
Por ter nascido aqui, por falta de mercê, por descrença de graça não fui astronauta. Em contrapartida sou extraterrestre.
.
Se não sou do espaço também não sou da Terra.

Sem comentários: