terça-feira, dezembro 06, 2016

Outro sítio

.
Às vezes tenho de aceitar a realidade e dizer que sou mais gasoso do que sólido. A verdade interessa-me pouco e tenho medo da matemática, uma manta de aço oxidado. Durmo nesta rua mas vivo no sítio do querer, onde estarei depois de morrer. Ninguém entende por que voo. Ninguém me entende porque voo. Ninguém vê. Sou triste por tudo isso.

Sem comentários: