quarta-feira, setembro 28, 2016

A dor de Deus

.
As aves não cantam em Treblinka.
.
Também chove em Auschwitz-Birkenau.
.
Em Chelmno a vida não era a preto e branco.
.
A memória de Sobibor gera pesadelos.
.
O odor de Belzec é irreproduzível.
.
Os setenta e dois ainda arrepiam. Como se fossem iguais.
.
A minha dor é maior do que a tua.
.
A tua dor é maior do que a minha.
.
Se o Diabo existisse e a morte não se abrisse novamente à vida.
.
Se só tivesse sido loucura a consciência não pesava na alma.
.
Nada se apaga, mas venha o perdão – sabe Deus.
.
As aves não cantam em Berghof.

Sem comentários: