digo e o oposto, constantemente volúvel, às vezes verdade. juro pela minha alma, mais do que vinho amo a água e só me desenseda e lava, a cara, o corpo e a vergonha de ser quem não quero. os sonhos antigos são sonhos e antigos e os novos de esperar, é esta a vida a mim agarrada, se esperança existe.

sexta-feira, junho 24, 2016

Brexit! Breshit!

.
As lições moralistas da Alemanha e o amor canino de França. A Itália perdida.  A frieza a Norte e o desgoverno a Sul. A Leste uma ameaça. A Ocidente na loucura.
.
video

Sem comentários: