sexta-feira, março 11, 2016

A realidade é o rio paralelo

.
Nem caído nem descaído, e não anjo – por isso. Sem a tocha da manhã, mas com pedra de subir como banco.
.
Nem desobedeci nem adolesci. Sentei-me com um escuro embrulhando olhos, pensamento e alma. Perguntei e sem resposta desisti quieto, e nem tédio ou angústia – ainda antes.
.
Profano ou pagão ou confuso por uma questão impossível:
.
– As sereias cantam. As sereias são mulheres?
.
Na tepidez do tempo infinito fiquei na pedra de subir e pensando fui sereio – não cantei. Até um salpico me acordar.
.
Nem tocha de alvorada e sem pedras de subir ou descer, só o aborrecimento.

Sem comentários: