domingo, novembro 01, 2015

Lisboa, terramoto, maremoto e fogomoto

.
Lisboa é uma cidade sob ameaça sísmica. De duzentos e cinquenta anos em duzentos e cinquenta anos, entre pontualidade portuguesa e britânica, a bela vai de joelhos ao chão.
.
Há duzentos e sessenta anos, entre as nove horas e meia e as nove horas e quarenta, o chão abriu-se em roncos e o orgulho caiu também.
.
Depois do abanão ocorreu um maremoto. Se o sismo será certo, certo é que não mais haverá maremotos a assolar Lisboa, pois agora só há tsunamis.
.
Depois e antes da água veio o fogo – inafogável – que chega sempre a seguir aos terramotos:
.
– Fogomoto.

Sem comentários: