terça-feira, outubro 20, 2015

Sem fugir – Pela libertação de Luaty Beirão

.
Não vou assinar essa petição nem quero saber se a causa é justa e sei que não estaria nessa situação porque sou cobarde e quando falo é porque tenho tempo para a paciência na segurança e à vista para que não me molestem. Ficarei a remoer-me por não me juntar e se morrer continuarei insensível porque não conheço nem sou justo nem bom mas preguiçoso ocioso esteta e a fome a tristeza a miséria. Já gritei que não gosto de El Greco. Ah! A fraqueza a força moral dos aflitos a força moral dos justos a força moral dos mártires a força moral do combatente. Ah! Não quero saber. Estou farto. Quero desligar-me e teria de descarregar na terra a pouca força que unindo-se faz grande desembocando na paz ou infelizmente. Nem por egoísmo num coitadismo reconfortante. Apenas não me apetece saber porque a realidade é muito aborrecida. Os remorsos maiores. Admiro Goya.
.
.
.
Nota 1: Assinei a petição para a intervenção do Governo de Portugal, no âmbito da luta pela libertação de Luaty Beirão.
.
Nota 2: Quem o quiser fazer, basta seguir esta ligação http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT78772

Sem comentários: