quarta-feira, setembro 02, 2015

O montado de sobro

.
.
No sobreiral, Carlos e Winston fumaram charutos, a que tiraram a cinta, e beberam Porto e Madeira, falaram do mar e da guerra, mas não discutiram política nem inconfidenciaram amores. Frente a frente ou lado a lado ou um aqui e outro ali, cavalete, bancada, tento, pincéis de pelo de marta, petróleo, tela encaixilhada e muitos panos-de-limpar-tinta. Depois de tudo estar arrumado, mostraram e subiram para o landau.
.
.
.
.
Nota: Não consegui apurar quem fotografou. Se alguém souber quem foi o autor, por favor informe-me, de modo a poder atribuir a autoria.

Sem comentários: