quarta-feira, setembro 09, 2015

Letra D

.
.
.
Nota: Não devem existir obras de arte que deprimam tanto quanto esta: «Cão chora a morte do seu pequeno dono».

Sem comentários: