quarta-feira, setembro 02, 2015

Colo

.
Pela boca, a palavra pai sai cheia. É fértil e de rocha. Não se pronuncia sem ser bem alto, como se diz amigo. Tenho-o longe, por isso sempre perto.
.
Sussurro a palavra mãe, para que descanse da vida na vida. Quem me dera ser pequenino e ter o colo. Como dói dar o colo à mãe.

Sem comentários: