digo e o oposto, constantemente volúvel, às vezes verdade. juro pela minha alma, mais do que vinho amo a água e só me desenseda e lava, a cara, o corpo e a vergonha de ser quem não quero. os sonhos antigos são sonhos e antigos e os novos de esperar, é esta a vida a mim agarrada, se esperança existe.

segunda-feira, junho 29, 2015

Que números têm as palavras palhaço e palhacito no pantone de negros?

.
Chamaram-me palhaço. Era a brincar, disseram, e que era com ternura. Chamaram-me palhacito. Era a brincar, disseram, e que era com ternura. Não é por odiar palhaços e arlequins que. É pela verdade das palavras, espelhos que me impõem. Palhaço, sim – triste pela condição. Mais cruel é palhacito – triste pela condição de nem chegar a ser adulto.
.
Não conto piadas porque sou palhaço. Conto piadas para poder ser amigo.
.
– O que sou? .
.
– Palhaço. Não há volta a dar. Pelas piadas e pela triste infância em que vivo.
.

Pergunto e respondo, porque ninguém dialoga com os palhaços quando não estão pintados.

Sem comentários: