terça-feira, maio 12, 2015

Disponível

.
Por que ninguém me entrevista? Posso mentir ou inventar, o passado, o presente e o futuro, um tempo verbal qualquer, uma pessoa qualquer. Sei fazer silêncios e veemências, olhar nos olhos e desviá-los, por vergonha, pudor ou medo. Consigo falar o desejado ou excitar a polémica.
.
Tenho tanta coisa para não dizer.

Sem comentários: