digo e o oposto, constantemente volúvel, às vezes verdade. juro pela minha alma, mais do que vinho amo a água e só me desenseda e lava, a cara, o corpo e a vergonha de ser quem não quero. os sonhos antigos são sonhos e antigos e os novos de esperar, é esta a vida a mim agarrada, se esperança existe.

quarta-feira, abril 26, 2006

Amor e napalm

Só para lembrar que o terrorismo não se limita ao islão e que os crimes de guerra não são de hoje nem foram apenas obra dos nazis.
Só para dizer que os crimes dos Estados não se designam de terrorismo.
Só para lembrar que houve o Vietname e a Coreia. Só para lembrar que houve a cortina de ferro, o muro da vergonha e a invasão do Afeganistão pelos soviéticos.
Só para lembrar que nenhum ser humano é verdadeiramente livre enquanto um outro não o é. Só para lembrar que há ditadura em Cuba, em Angola e não apenas no Iraque, no Irão, no Nepal e na Coreia do Norte. Só para lembrar que a Palestina está ocupada. Estou a omitir muitos outros locais apenas porque não me apetece citá-los a todos.
Há crimes e crimes. Só para lembrar que foi deitado napalm no Vietname. Só para lembrar milhões de crimes dos muitos comunismos. Só para lembrar.

5 comentários:

azul blue bleu blau disse...

a história que está por detrás desta foto é horrível, mas linda.
Embora não me lembre do nome do conhecido fotógrafo da Magnum.
há tanto tempo que não a via...

sa.ra disse...

lembro-me desses e de outros, velados... subtis...


morrem mais mulheres em Portugal, vítimas de violência doméstica do que de cancro da mama...

morreram mais mulheres vítimas de violência domésticas nos EUA,do que soldados na guerra do Vietnam, no mesmo período de tempo...

feridas sem sangue... guerra que não faz barulho...

bem lembrado... haveria mais, muito mais, como dizes...

mas lembro que, hoje, é também um novo dia e se lembrar tudo isto pode apenas sublinhar a nossa revolta ou frustração... a história diz-me que nunca nenhum tirano venceu no fim!

a ignorância é a pior tirana, e haja gente que lembre, para que não se repita. Que não se repita nas nossas próprias vidas - o terrorismo, a tortura, a violência, a privação de liberdade, a nossa própria e daqueles que nos cercam!

tem um dia muito feliz!

Anónimo disse...

é tão monstra esta fotografia!

gi disse...

Outras guerras, outros terroristas...Só para lembrar que, ACTUALMENTE no SUDÃO(DAFUR) morrem a cada minuto VÁRIAS crianças subnutridas e vitimas de doenças perfeitamente evitáveis, caso lhes fossem fornecidas vacinas e condições minimamente dignas.

Carla disse...

E lembras-nos muito bem... esta foto já diz tanto sobre isso, infelizmente... Beijo grande.