digo e o oposto, constantemente volúvel, às vezes verdade. juro pela minha alma, mais do que vinho amo a água e só me desenseda e lava, a cara, o corpo e a vergonha de ser quem não quero. os sonhos antigos são sonhos e antigos e os novos de esperar, é esta a vida a mim agarrada, se esperança existe.

domingo, junho 11, 2017

Tilacino

video
.
Os meus amores passados brevemente ressuscitam, meio assombrados e metade carnais, sem renascerem. São-no quando regresso aos tempos e, nem que fosse pelo relógio, desenguiçam-se ao ver-me nesta outra vida. Não sou uma só pessoa e essas já fui.
.
.
.
Nota: Recentemente li uma notícia de que o lobo-da-tasmânia ou tigre-da-tasmânia foi furtivamente visto. Quem me dera que esteja vivo e bem escondido da espécie humana.

Sem comentários: