quarta-feira, fevereiro 08, 2017

Premonição posterior

.
Escrevi tanto, quase nada sei das minhas palavras e da vida que jurei conhecer. Houve amor e tragédia, doença e fuga, chegada antes da partida e principalmente eterno no lugar.
.
Não me ouvem porque tanto disse e falei além. Tudo isso somado é a voz frágil do homem-invisível.
.
Não sei o que disse, por memória e pertinência. Uma bola na inclinação, que os velhos não chegam, e o ácido que os miúdos recusam.
.
Maré-cheia e maré-viva, chuva na água.


Sem comentários: