segunda-feira, setembro 21, 2015

Precipitação em atraso

.
Diz da luz e fala do tempo.
.
Diz de números e diz que a matemática é bela para que conteste.
.
Diz que não me queres deitado contigo.
.
Diz que nem uma só noite.
.
Mente de modo a que perceba que teremos uma só noite.
.
Não direi de mim nem de nós.
.
Nada de ti direi e.
.
Ainda sabendo que foi uma noite de ajuste de contas desejarei esperando uma maré.
.
Não digas de ti se queres lembrada.
.
Depois o espaço vago deixado pela maré vazia.
.
Ou diz se te quiseres desejada.
.
Adolescência infinita.

Sem comentários: