quarta-feira, setembro 23, 2015

Outono à hora certa

.
Vão quando é tempo de ir, mas fico porque sou de ficar. Para trás tenho o futuro e para a frente o Inverno e os anos que terei ou quiser. Pelo menos haja vento e solidão só minha.

Sem comentários: