quarta-feira, setembro 23, 2015

O penico de marinho E pinto

.
O berço não importa e a todos o seu bom nome, menos quem tenha vindo humilde nas posses e com singelos costados – sem ofensa nem desprimor – e se acrescente um pedúnculo no chamamento para fingir fidalguia ou – gritando em desprezo republicano – burguês com ouro velho. Nesses só o penduricalho de latão é nobre, porque o nome ficou merdificado – sem sujar nem pai nem mãe ou parentela honrada.
.
.
.
Nota 1: Não gosto de politicar o blogue, mas o filho dum alfaiate e duma costureira, gente certamente honrada, que arvora com um «e», quando chega a cargo de responsabilidade e sisudez, precisa de lavar por dentro a cabeça, pois que lhe suja a boca-cloaca. Há quem se ponha a jeito e.
.
Nota 2: Cito integralmente a notícia do sítio na internet «Notícias ao Minuto», que costuma ser apenas um corta-e-cola de trabalhos jornalísticos, que não cumpre o dever do contraditório a que os jornalistas estão obrigados. Não fiz qualquer correcção gramatical ou doutras «coisinhas», apenas substituí as plicas por aspas e separei os parágrafos, com um ponto entre eles, tal como faço com os meus textos, com a finalidade de facilitar a leitura.
.
.
.
Marinho e Pinto sentiu-se ofendido por Ricardo Araújo Pereira
.
.
O presidente do Partido Democrático Republicano (PDR) anunciou hoje que vai fazer uma participação à Comissão Nacional de Eleições (CNE) e à Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) sobre o programa de Ricardo Araújo Pereira na TVI.
.
«Queria começar esta declaração por manifestar-me absolutamente chocado e pessoalmente transtornado pelas imagens que vi ontem [segunda-feira] na TVI no final do Jornal das 8. Eu sou o presidente do Partido Democrático Republicano, eu sou candidato por Coimbra à Assembleia da República e o que vi no final desse espaço informativo foi uma pessoa desconhecida a urinar na minha imagem, a urinar numa fotografia minha», afirmou Marinho e Pinto, no final de uma visita à feira de Leiria.
.
Dizendo ser das pessoas que «mais se bateu, bate e baterá em Portugal pela liberdade de expressão», considerou, todavia, que esta deve ter «limites».
.
«Não vale tudo em matéria política, não vale tudo em matéria de humor, não vale tudo, sobretudo, quando se ofendem tão desnecessariamente e tão cobardemente outras pessoas, outras instituições e a própria política portuguesa», declarou, adiantando que vai participar esta situação à CNE e à ERC.
.
Marinho Pinto rejeitou, contudo, a possibilidade de dar «ao autor dessa infâmia o privilégio de ser réu ou arguido nos tribunais portugueses, porque, infelizmente, a generalidade dos tribunais portugueses não está à altura da responsabilidade que a Constituição lhes comete».
.
O programa «Isso é tudo muito bonito, mas» é apresentado pelo humorista Ricardo Araújo Pereira.
.
No percurso pela feira, Marinho e Pinto ouviu críticas ao estado da saúde e ao «assédio moral» a trabalhadores, aconselhou as pessoas a fazer queixa e prometeu bater-se «pelo reforço dos direitos dos trabalhadores e dos seus representantes».
.
O presidente do PDR, acompanhado, entre outras pessoas, pelo cabeça de lista por Leiria, Fernando Gonçalves, ouviu também muitos elogios e apelou sistematicamente ao voto.
.
«Podemos estar cansados, mas desistir é que nunca devemos fazer», observou Marinho e Pinto, depois de ouvir uma compradora a lamentar-se do corte nos salários, enquanto um vendedor de legumes apontava as consequências das sucessivas políticas no setor da agricultura, destacando o desemprego.
.
Logo depois, Marinho e Pinto cruzou-se com a comitiva da coligação Portugal à Frente (PSD/CDS-PP), onde se encontrava, além da cabeça de lista, Teresa Morais, a ministra da Agricultura, Assunção Cristas.
.
Depois de trocarem os panfletos programáticos, Assunção Cristas, dirigindo-se a Marinho e Pinto, defendeu ser necessário garantir que «isto não anda para trás, agora que o país recupera um bocadinho, que continue a recuperar».
.
«Você não tente convencer-me das virtudes das vossas asneiras», retorquiu o presidente do PDR, que na feira de Leiria se encontrou ainda com a comitiva do PCTP/MRPP.
.
.
.
Eis o conteúdo do programa:
.
video


1 comentário:

Carla P disse...

john, thanks por me pores a par das minudências da bela campanha! estas semanas de habituação às sempre novas realidaes escolares e mil funções não me têm permitido grande atualização (ainda que sobrasse interesse).
A minha pergunta é porque é que nós não fomos à feira de Leiria??? Parece-me um MUST?!