digo e o oposto, constantemente volúvel, às vezes verdade. juro pela minha alma, mais do que vinho amo a água e só me desenseda e lava, a cara, o corpo e a vergonha de ser quem não quero. os sonhos antigos são sonhos e antigos e os novos de esperar, é esta a vida a mim agarrada, se esperança existe.

terça-feira, setembro 01, 2015

Desintoxicação

video
.
Acabou Agosto, psicologicamente acabou o Verão.
.
Quando não tinha razões de queixa, Setembro juntava a ansiedade de perder a liberdade e a vontade de regressar às aulas. Muito se diz em queixume, mas a escola começava em Outubro e as turmas tinham mais de trinta alunos.
.
O meu calendário é um planisfério, em que os meses têm cores e a duração varia. Agosto é enorme, cansativamente grande. Encarnadão e salgado.
.
É Setembro e o vermelho fica logo castanho, a palavra-mês.
.
Dois-mil-e-quinze foi mais um em que tive mundo e cidade. Desde dois mil que não sei o que são duas semanas inteiras a tomar banho no Atlântico.
.
Lá descansar, descansei… se me esquecer da ansiedade que os bolsos segregam por causa.
.
Descansar? Não descansei.
.
Agora que veio Setembro, chegam os encontros para a reabilitação, para perder o vício das férias.

Sem comentários: