quarta-feira, julho 01, 2015

Silogismo

.
Disse-me:
.
– Amanhã vamos ao teatro.
.
No dia seguinte telefonei-lhe e respondeu-me:
.
 – Não tens amor-próprio?
.
Disseram:
.
– Temos de usar anestesia, o tubo não passa.
.
Respondi-lhes:
.
– Não faz mal, tanto-faz.
.
Conclusão:
.
– Por vezes o não-faz é igual ao tanto faz.

Sem comentários: